Como fazer intercâmbio

Neste espaço, estamos sempre falando sobre adequações de carreiras para estilos de vidas com mais liberdade e autonomia. Listamos dicas para quem quer mudar  e damos o passo a passo para qualquer um conseguir ser livre para realizar seus maiores sonhos. Hoje, vamos falar sobre algo que pode te ajudar a sair dessa zona de conforto que, atualmente, você tem medo mas quer sair.

O medo de arriscar é o maior obstáculo que encontramos quando nos deparamos insatisfeitos com a vida que levamos. Isso é algo normal, pois, com o tempo os interesses mudam e você se abre para a gigante fonte de possibilidades disponível para todos. Nada que você já fez ou estudou será perdido porquê nenhum conhecimento é perdido e só te acrescenta.

Se você ainda está na fase de escolher a primeira profissão e não sabe por onde começar, já respondo que paciência é a virtude de todo grande profissional. Então, viva e procure se conhecer bem para, no momento certo, saber qual carreira é para você. Tendências mudam rapidamente; faça o que te der prazer de verdade e não opte por status.

Mesmo sendo uma das mais procuradas, você fez sua escolha e a considera certa, então, agora é buscar formas de se destacar. Uma boa ideia para crescer nela, é fazer intercâmbio. Você conhece uma cultura diferente, faz contatos importantes, melhora seu desempenho numa língua estrangeira, além de estudar com profissionais de diferentes estilos e visão de mundo. Procurar formas de ser um profissional diferenciado é o caminho para o sucesso.

Como fazer intercâmbio

Como fazer Intercâmbio:

Há inúmeros tipos de intercâmbio e para toda parte do mundo. São pacotes pagos em empresas particulares especializadas, através de programas de clubes e associações ou intermediadas por universidades. A maioria das grandes universidades no Brasil possuem convênios com instituições de outros países e, assim, facilitam para que o aluno realize a viagem. Algumas têm até programas de assistência, que ajudam os estudantes com despesas como moradia e alimentação.

Você decide tudo conforme suas necessidades. Mas deve se preocupar com todos os detalhes antes para ter uma viagem sem grandes imprevistos. Sendo ou não um universitário, precisa conhecer bem a agência que promoverá seu intercâmbio. Mesmo sendo intermediado por uma instituição de ensino, é essencial que você pesquise opiniões de outros intercambistas sobre a forma de trabalhar de determinadas agências. Muitas prometem mais do que realmente podem fazer. Fique atento leia muito cada detalhe do contrato para saber seus direitos.

Conheça mais de uma agência e não se prenda à sua universidade. Talvez seja até melhor fazer diretamente com a agencia. De qualquer forma, visite mais de uma para conhecer as diferenças no jeito de promover a viagem. Veja a que melhor te atende, pensando nas vantagens e desvantagens. As vezes o barato pode sair caro, então, não tente economizar contando com a sorte. Se planejar bem, verá que tem como economizar de outras formas e até ganhar dinheiro enquanto viaja. Leia Como trabalhar viajando e tenha uma viagem mais produtiva.

Benefícios que sua agência deve oferecer:

Segurança

Para qualquer viagem ser boa, a tranquilidade é algo necessário para quem viaja e para quem fica na espera. Veja quanto tempo a agência está atuante, quantas unidades possui, assessoria jurídica oferecida e contrato e como você tem/terá acesso aos canais de suporte. Certifique-se que é uma empresa séria e deixa sua família despreocupada. Não se esqueça de ver também as garantias de devolução do investimento, caso ocorra algum imprevisto que te impeça de viajar na data programada.

Facilidade

De nada adianta a empresa ter inúmeras vantagens se você não conseguir um simples suporte com facilidade. Ela deve, antes de tudo, estar disponível para te atender caso haja alguma dúvida ou problema para resolver com urgência. Veja tudo sobre o despache, seguros, emissão de carteirinha, contato com as escolas e tudo que tiver dúvida.

Informação

Uma boa agência, terá todas as informações para te passar no momento que você solicitar. Desde a consultoria para ver as opções de destinos, programa e período de viagem. Este é outro ponto muito importante na hora de escolher a agência, pois, provavelmente você já tem um país em mente. Veja todas as opções e opte pela melhor dentro das suas intenções e gostos, levando em consideração principalmente a flexibilidade do contrato para fazer uma viagem perfeita.

Application

É o documento que a faculdade exige do estudante que solicita o intercâmbio. É algo bem complexo e extenso, normalmente precisa ser preenchido em inglês. Veja se sua a agência ajudará nisso também.

Se a agência que você escolheu passou em todas as suas exigências e estes tópicos, aproveite bem a viagem para aprender e conhecer tudo que for possível!

 

Benefícios do intercâmbio:

Conhecimento

Aprender uma língua estrangeira é um desafio necessário para quem quer sair do lugar. Além de aumentar seus conhecimentos referentes à sua carreira, conseguirá colocar muitos aprendizados em prática e ver onde precisa se dedicar mais em seu inglês, por exemplo. Estando ali, apenas com pessoas que falam outras línguas,  sentirá a necessidade de se comunicar e, assim, você consegue colocar para fora toda a timidez de fazer algo errado e aprender muito mais.

Cultura

Nada expandi tanto a mente quanto a cultura. Quando você estuda sobre as diferentes existentes neste mundo, já evolui os pensamentos, então, sendo parte de outra, será uma experiência. Você aprende a respeitar mais as diferenças e entende o impacto da sociedade no desenvolvimento de um sujeito. Vá com a mente aberta e amplie seus conhecimentos e senso crítico.

Independência

O intercâmbio normalmente é procurado por jovens do ensino médio ou universitários. A maioria ainda não teve que lidar com o diverso sem ajuda de outras pessoas. Com a responsabilidade de fazer daquela viagem uma experiência profissional compensatória, o estudante conhece seus limites e aprende a superá-los.

O que fazer para agilizar?

Providencie seu passaporte com antecedência possível. A burocracia pode tornar o processo mais lento do que o normal.

Se você já tem passaporte, verifique o prazo de validade, para não correr o risco de que ele expire durante sua viagem. Alguns países só concedem vistos se a validade do passaporte se estender por, pelo menos, seis meses depois da viagem.

Verifique se os países que você vai visitar exigem vistos. Providencie a documentação para consegui-los com antecedência. Alguns países só têm representações diplomáticas em Brasília, o que significa mais tempo de espera.

Previna-se sempre fazendo uma assistência médica internacional.

Uma boa viagem começa muito antes do embarque. Leia tudo o que puder sobre os lugares que vai visitar. Compre livros e guias. Informe-se sobre costumes e hábitos.

Entre em contato com seu Banco ou Administradora de Cartão de crédito para obter uma listagem com os locais dos caixas eletrônicos fora do país.

Deixe uma cópia de seu itinerário pessoal com todos os números de telefones na sua casa ou trabalho.

Tire um xerox de sua passagem aérea e passaporte. No caso de extravio de um deles, fica mais fácil solicitar uma segunda via.

Essas são algumas coisa que você pode já ir providenciando ou planejando enquanto pesquisa a melhor agência para fazer o seu intercâmbio. Ela te auxiliará em tudo, mas é bom já ter parte do processo em andamento para agilizar sua viagem. Não procure a agencia mais barata e veja isso como um investimento para o seu futuro, pois é isso mesmo. Você será muito mais qualificado com essa experiência, pois, se abrirá para novas formas de pensar e trabalhar. Independente da sua idade ou atual condição (se está ou não investindo em uma nova carreira), um curso básico fora do país abrirá muitas portas, basta você deixar o conhecimento entrar e transformar.

Você já fez ou não sabe como fazer intercâmbio dentro da sua área? Compartilhe com a gente sua experiência e dúvidas!