Morar em Portugal – Série: Como Viver na Europa

Continuando a série Como viver na Europa, lhe faço a seguinte pergunta: Você quer morar em Portugal?

A Europa é um lugar que muitos sonham conhecer. Seja pelas culturas, pelo estilo de vida atraente ou pela riqueza histórica, ela é essencial para a lista de todo viajante. Além de viajar, muitos brasileiros também querem morar fora, pelo menos por um tempo. Alguns nem sabem para onde querer ir, só sabem que querem um lugar diferente do Brasil.

Portugal é uma ótima opção por vários motivos, além do idioma. Se você nunca teve oportunidade de estudar outra língua e quer começar agora e em outro país, leia as dicas abaixo e veja como este país pode te surpreender.

Por que morar na Europa?

Há 500 anos, os europeus embarcaram em navios e descobriram a América. Hoje, séculos depois, milhões de pessoas de todas as partes do mundo, sonham em fazer o caminho inverso e conhecer as belezas de Paris, os mistérios de Londres e as histórias e mitos de Roma. Quem nunca quis conhecer uma dessas cidades? E, essas, são apenas algumas das mais incríveis do velho continente. Morar por lá não deve ser tão mal, né?!

Como morar em Portugal - Europa

Por que em Portugal?

Portugal é um país pequeno, com pouco mais de 92.000 quilômetros quadrados. Apesar do tamanho, ele é rico em história e só morando por lá para conhecer todas de verdade.

O clima é agradável na maior parte do ano e europeus de todas as partes escolhem a região sul do país para viver o final de suas vidas. Se você gosta de calor, o verão lá é como o daqui e há inúmeras prais paradisíacas também.

Se você for do tipo que procura um cenário de filme e livros de história, por lá ruínas romanas, castelo e palácios para visitar. Além disso, há museus e tudo que você precisar para conhecer de perto a cultura portuguesa.

Serviços públicos

A educação é de qualidade e o Ministério da Educação tem desenvolvido vários projetos e programas e, com isso, o país vem progredindo muito nos rankings mundiais. Os investimentos são feitos na formação de professore, a estrutura física das escolas, em tecnologias e apoio aos alunos que têm mais dificuldades.  Todas as escolas são equipadas para oferecer esporte, incentivar a leitura e todas têm laboratórios de ciências. Além disso, todos começam a estudar inglês aos 8 anos de idade e outra linguá estrangeira aos 12. E um detalhe que vale ressaltar: lá, o estudante não precisa estudar em escolas particulares para conseguir entrar em Universidades públicas.

O Sistema Nacional de Saúde (SNS) foi criado em 1979 e funciona bem. Com a criação dele, a taxa de mortalidade abaixou de 24,3 (1980) para 2,9/1000 nascidos vivos em 2013. O SNS tem taxas moderadoras, mas desempregados, grávidas, crianças até 12 anos, pessoas com renda baixa, entre outros, são isentos de pagamentos. Como todo sistema público há falhas, mas no geral ele favorece mais do que prejudica.

O transporte público é vasto. As áreas metropolitanas tem ampla rede de transportes, que incluem ônibus, bondinhos elétricos, trens e até barcos. Você poderá ir de Lisboa a Cascais (30 Km) em 30 minutos apenas.

Segurança. Esse é o ponto que todos pesquisam primeiro. Saiba que Portugal é um país seguro e a criminalidade tem diminuído bastante ao longo dos anos. De 2012 para 2013 houve uma queda de 6,9%, segundo relatórios internos.

Primeiros passos para morar em Portugal:

Para  morar em Portugal é tudo mais simples. Acesse o site da Embaixada e saiba todos os documentos que você precisa reunir, pois, documentos diferentes para cada caso. Por exemplo, se você pretende estudar, trabalhar ou começar tudo do zero por lá, os documentos são mais específicos. Veja primeiramente isso, pois, a liberação do visto, por exemplo,  pode demorar um tempo.

Não se preocupe se não encontrar um lugar para morar daqui mesmo, pois, o processo de aquisição de imóveis por lá é bem simples e concluído com rapidez. Não seja tão apegado e não tente levar tudo que tem aqui para lá, será mais interessante vender tudo e montar tudo novo lá, não acha? Será bom para entrar no país com mais dinheiro também.

Trabalho – Se você ainda não tem uma opção de trabalho lá, pode ir pensando em algo em quanto decide todo resto. Há sites para você encontrar remunerações temporárias até achar uma fixa. Veja algumas opções:

Worldpackers – hostels em troca de hospedagem
WWOOF – fazendas orgânicas em troca de hospedagem
Work Away – Coloque o que você sabe fazer e encontre quem precisa do serviço em troca de hospedagem
House Cares e MindMyHouse – Você se oferece para cuidar da casa de alguém enquanto eles estão fora
HelpX – Lista lugares que aceitam voluntários em troca de hospedagem e alimentação

Morar em Portugal pode ser bem vantajoso, pois, ele é como o Brasil mas com sistemas públicos que funcionam. Se você está pensando em constituir família e quer algo melhor para educar seus filhos, talvez Portugal seja a opção. Estude essa dica e veja se te convém. Há muitos outros bons lugares que você pode descobrir e se apaixonar. O importante é ser bom dentro de suas exigências 🙂

Já conhece Portugal? Moraria por lá? Compartilhe suas opiniões com a gente e ajude quem está com essa intenção 😉